Machado & Miranda - Odontologia - (27) 3029-0503 - Vitória - Espírito Santo

Tratamentos

 

 


Tratamento de Canal


polpa dental 2A Polpa dentária é a estrutura interna do dente, ela é constituída por um tecido colaginoso frouxo; que embebe artérias, veias, nervos, células de defesa, fibroblastos, odontoblastos e células desdiferenciadas.

Este tecido ocupa a cavidade pulpar, que é o espaço presente internamente no dente, totalmente envolto por um tecido chamado dentina. A polpa e a dentina são tecidos integrados e que formão juntos o complexo dentino-pulpar.

Sua função primordial é tornar o órgão dentário reativo a estímulos como agressões e mudanças de temperatura.

Em casos de alterações destes tecidos por cárie profunda, fraturas dentárias, trauma dentário, trauma ortodôntico, lesões  endo-periodontais, necessidades protéticas e outras patologias endodônticas, o tratamento endodôntico, ou o tratamento de canal como é comumente chamado, está indicado, visando a manutenção do dente na cavidade bucal, e a saúde dos tecidos periapicais. 

                                 

Como é Realizado o Tratamento do Canal?

esquema polpaInicialmente é realizado com o uso de brocas, um acesso ao interior do dente. Esta abertura tem a função de possibilitar a instrumentação do interior do canal radicular, para a remoção do tecido.
 
Mesmo com esta abertura não é possível se ter uma visão de todo o espaço onde o profissional irá atuar, por isso são tiradas várias radiografias duratne o tratamento.
 
Com um instrumento chamado lima endodontica, a polpa é removida e todo o interior do dente é limpo. É feita a aplicação de medicamentos específicos dentro do canal com a finalidade de desinfectar o seu interior.
 
Em alguns casos é necessário a colocação de medicamentos em atendimentos distintos. Tal conduta é realizada com a intensão de aumentar o tempo de ação dos medicamentos, favorecendo o sucesso do tratamento
 
rx canal 2rx canal 1Para verificar se tudo foi de fato eliminado do interior do canal, bem como averiguar a instrumentação realizada, o dentista tira radiografias e só então o canal é obturado com material vedante.
 
Tal cuidado é feito pois se restar algumm tecido infectado, ou falhas de instrumentação, as bactérias podem rapidamente se multiplicar e recomeçar a infecção.
 
Por fim a área da coroa do dente que foi inicialmente desgastada, para gerar o acesso ao interior, é restaurada.
Necessidade de tratamento.
 
tratamento canalO tratamento do canal da raíz dentária consiste na retirada da polpa do dente. Uma vez que a polpa foi danificada, infeccionada ou morta o espaço resultante deve ser limpo, desinfectado, preparado, limpo e posteriormente vedado.
 

Os casos mais comuns de polpa infeccionada ou morta são:

  • Dente fraturado
  • Cárie Profunda
  • Dano por trauma forte.

Com a polpa infeccionada ou morta, se não for tratado, pode se formar pus no interior do canal e formar um abcesso. Este abcesso ocorre dentro do osso maxilar podendo destruir o osso que circunda o dente e agravar o processo infeccioso. 

polpa dentalAs características das técnicas de tratamento endodôntico induzem a uma diminuição na resistência do remanescente dentinário tornando os dentes mais enfraquecidos. 

Isto ocorre devido a remoção dos tecidos e perda prematura de fluidos fornecidos pela polpa dental, ou ainda através da perda de estrutura dentária, devido a remoção do tecido cariado ou pela instrumentação do conduto radicular. (SEDGLEY & MESSER, 1992)
Como tem sido clinicamente observado um aumento na incidêncica de fratura de dentes despolpados,  pode ser indicado a confecção de núcleos intrarradiculares.
Tais pinos tem a finalidade de substituir parte do espaço do canal que foi obturado com material vedante por materiais resistentes, como metal ou fibras. Acredita-se que assim se proporciona maior resistência ao dente enfraquecido pela perda do tecido pulpar.


                                         
 
Após o tratamento o paciente perde a sensibilidade do dente tratado, pois os nervos foram removidos junto com a polpa dentária que os abrigava. Mesmo assim, o paciente pode sentri um leve tato, pois a região que circunda as raízes, e tem sua inervação própria, não foi afetada.
 

Geralmente o tratamento de canal dura em torno de 2 a 4 sessões de atendimento com aproximadamente 1 hora de duração cada sessão.

 

 

Um canal pode vir a ser Retratado?

Sim. Quando o tratamento de canal anterior não foi bem executado por algum motivo (dificuldades anatômicas, raízes com curvaturas acentuadas, canais calcificados etc., ou quando o dente não foi devidamente restaurado logo após o tratamento endodontico, pode ocorrer a recontaminação do canal pelas bactérias presentes na saliva, levando à necessidade de retratamento.

 

Tecnologias que Facilitam o Tratamento / Retratamento

Os procedimentos endodonticos podem ser realizados com o auxílio de tecnologias que minimizam o tempo de atendimento e favorecem a qualidade do procedimento executado.

Dentre as principais tecnologias em equipamentos aplicados na endodontia temos:

imagens digitaisRaio-X digital: Promove a obtenção da imagem de raios-X com o mínimo de exposição à radiação (redução superior a 90%) e sem a necessidade de revelação do filme radiográfico. Através de software e hardware específico a imagem é obtida de forma instantânea e é visualizada na tela de um computador. Além disto o software da radiografia digital possui ferramentas que potencializam o uso da imagem radiográfica obitida.

localizador apicalLocalizador Apical: Este aparelho tem a função de informar em tempo real ao cirurgião-dentista qual a profundidade que o instrumento está atingindo no interior do dente que está sendo tratado endodonticamente. Funciona como um sonar, que envia ondas para analizar a real profundidade de uma área. Estas informações são mostradas em uma tela.

motor endodonticoInstrumentação Rotatória: Este aparelho gera a possibilidade de que a instrumentação no interior do canal, que comumente é manual, possa ser feita de forma eletrônica. Através de um motor elétrico próprio, e com o uso de limas endodonticas específicas para uso em tal sistema, o cirurgião-dentista tem a possibilidade de instrumentar o interior do canal controlando a velocidade de rotação e o torque. Com isto o procedimento é realizado em tempo reduzido e com melhor qualidade de instrumentação, favorecendo o sucesso do tratamento de canal.

 

 

 

 

machado miranda logoAv. Américo Buaiz, 501 - Ed. Victoria Office Tower - Torre Leste   
Enseada do Suá               Vitória - ES                
cep: 29.050-911  
55 27 3029 0503         
contato@machadomiranda.com.br 
                                                                           CRO-GO EPAO 771


Voltar ao início do texto
Mais Tratamentos