Machado & Miranda - Odontologia - (27) 3029-0503 - Vitória - Espírito Santo

Tratamentos

 

 


Apertamento e Ranger dos Dentes


bruxismo faceO bruxismo ou, preferencialmente, briquismo (do grego βρυχμός [brýkhmós], "ranger os dentes") é um hábito involuntário que leva o paciente a ranger os dentes de forma contínua durante o sono ou, menos frequente, durante o dia.

Se você acorda e os músculos da sua mandíbula estão doloridos ou você está com dor-de-cabeça, atenção, você pode estar sofrendo de bruxismo.

Tal hábito é encontrado em pacientes de todas as idades, desde crianças a idosos. Pode estar relacionado ao alto nível de estresse.

Consequências

O esmalte dentário, tecido mineral que recobre os dentes, é o primeiro a receber os danos do bruxismo, pois o apertamento forte dos dentes causa desgaste deste tecido. Em casos onde não há presença de dores musculares tal desgaste pode ser o primeiro sinal da existência do bruxismo.

Em casos mais avançados, o esmalte dentário é totalmente removido e o dente passa a ter seu tecido mineral mais profundo exposto. Este tecido, que é a dentina, é mais propenso a estímulos podendo gerar dor e até mesmo maior facilidade de formação de tecido cariado. Em casos graves o desgaste, pode atingir todo a coroa do dente, chegando até a gengiva.

Se o paciente for portador de próteses ou dentes com alguma fragilidade, a fricção pode provocar quebra e trincas. Em casos extremos, a fratura pode acarretar em perda do dente em questão.

Além disto, as dores de cabeça tensionais são comuns nos portadores de bruxismo. Elas se estendem pela face, gerando a sensação de "rosto cançado". Isto ocorre porque os músculos da face, responsáveis pela mastigação são contraídos continuamente. Em casos mais graves, tais dores podem vir a atingir rosto, pescoço, ouvido e até ombros.

A Articulação Temporo Mandibular (ATM), responsável pelo abrir e fechar da mandíbula, em relação ao crânio, também sofre com o bruxismo . Pode ocorrer estalos, travamento da mandíbula, restrição da abertura da boca e desvio da mandíbula para o lado ao abrir e fechar.

Tratamento

O tratamento apropriado do bruxismo dependerá do que está causando o problema. Através de uma consulta médica/odontológica e exame detalhado dos dentes e da oclusão, o dentista pode ajudar a determinar a fonte potencial do bruxismo.

Em certos casos uma "placa" feita sob encomenda pelo dentista, e de uso placa de bruxismo geralmente noturno, é ajustado aos dentes superiores para então proteger estes dentes de se triturarem contra os dentes inferiores. Tal dispositivo, apesar de ser uma boa maneira de proteção, não é uma cura.

Uma mordida anormal, no qual os dentes não se ajustam bem, também pode ser corrigida com restaurações, coroas, implantes ou ortodontia, reduzindo a "exposição" de um ou mais dentes e igualando a mordida. Tal condição, gera uma harmonia das forças mastigatórias na arcada dentária.

massagemCriar meios de relaxamento e alívio da tensão cotidiana podem auxiliar no tratamento. Tais meios, podem ser desde a prática de esportes e ouvir uma boa música até mesmo uma massagem ou um bom banho. A fisioterapia facial também pode contribuir bastante para o relaxamento dos músculos da face.

Procurar alguma terapia auxiliará no aprendizado de meios eficazes de controlar situações estressantes. Em casos onde há associação de distúrbios psiquiátricos como depressão e ansiedade, deve ser avaliado a necessidade de psicoterapia. Sendo o caso, uma avaliação multidisciplinar com psicólogos, psiquiatras é altamente recomendado.

Hábitos como mascar chicletes, morder ou apertar objetos devem ser considerados como um vício concomitante do bruxismo e, portanto, eliminados durante o tratamento. O portador de bruxismo deve visitar constantemente o fisioterapeuta ou dentista para que seja acompanhado pelo profissional.

 


 

logo machado mirandaAv. Américo Buaiz, 501 - Ed. Victoria Office Tower - Torre Leste   
Enseada do Suá               Vitória - ES                
cep: 29.050-911  
55 27 3029 0503          
contato@machadomiranda.com.br 
                                                                           CRO-GO EPAO 771


Voltar ao início do texto
Mais Tratamentos